Festival anterior


O primeiro Festival de Cinema foi o projeto Fora do Circuito com a seguinte temática: filmes de países pouco presentes no circuito comercial de cinema.

Os filmes foram exibidos a cada duas terças-feiras, nos dias 28/08, 11/09, 25/09 e 09/10, no auditório Elke Hering, no segundo piso da Biblioteca Universitária da UFSC (BU).

Com apoio da Biblioteca Universitária, neste primeiro festival foram exibidos quatro filmes importantes de quatro países: Arábia Saudita, Quirguistão, Vietnã e Burkina Faso. Todos os filmes exibidos foram premiados, porém, não repercutiram nas salas de cinema nacionais.

As sinopses dos filmes apresentados seguem logo abaixo.


28 de agosto:

O sonho de Wadjda (Arábia Saudita, 2012)

Foi indicado como melhor filme de língua estrangeira no British Academy of Film and Television Arts em 2014.

Wadjda tem dez anos de idade, e mora no subúrbio de Riade, a capital da Arábia Saudita. Ela é uma garota teimosa e cheia de vida, que gosta de brincar com os garotos. Um dia, após uma disputa com o amigo Abdullah, ela vê uma bela bicicleta verde à venda. Wadjda gostaria de comprar a bicicleta, para superar o colega em uma corrida, mas na sociedade conservadora onde vivem, garotas não podem dirigir carros ou bicicletas. Ela decide então fazer de tudo para conseguir o dinheiro sozinha. 

Trailler: https://www.youtube.com/watch?v=N7aS5uVVgiY

Apresentação:https://www.youtube.com/watch?v=flhTewOd15g&feature=youtu.be

11 de setembro:

O ladrão de luz (Quirguistão, 2010)

Indicado como melhor filme da Comunidade dos Estados Independentes (CIS) e Países Bálticos no Nika Award e melhor fotografia no Asian Film Award em 2011.

Um homem, conhecido como "Senhor Luz", vive em um minúsculo vilarejo nas montanhas do Quirguistão. Além de tentar levar a eletricidade a todas as pessoas, ele escuta os problemas de cada morador, dá conselhos e tenta acalmar as brigas conjugais. Este homem sonha em abastecer o vilarejo com energia eólica, mas para isso ele deve enfrentar a resistência de homens poderosos e corruptos. 

Trailler (em inglês): https://www.youtube.com/watch?v=U8HhYS6xblY

Apresentação do filme: https://www.youtube.com/watch?v=6Mubm_fZPtE

25 de setembro:

Flores amarelas na grama verde (Vietnã, 2015)

Flores amarelas na grama verde foi o representante do Vietnã no Oscar 2017.

Numa vila pobre do interior do Vietnã moram 3 crianças : os irmãos Thieu e Tuong e a menina Man. O filme transcorre sob a ótica deles. Os irmãos vivem uma relação de amizade e cumplicidade muito bonita mas também da concorrência inerente da idade. Thieu gosta de Man e a considera seu primeiro amor. Tuong, caçula da família, ainda não liga para isso e só quer brincar com seu sapo de estimação, mas Thieu tem ciúmes de seu irmão quando ele interage com Man e este é o único motivo de desunião entre eles. O filme mostra basicamente o dia-a-dia das crianças em meio às dificuldades da vida e os acontecimentos na vila.

Trailler (em inglês): https://www.youtube.com/watch?v=CDaDC7qxEwM

9 de outubro:

Kini e Adams (Burkina Faso, 1997)

O carro os levaria para uma vida melhor. Até estragar...

Vencedor do Prêmio do Júri em Cannes 1998.

Dois amigos, Kini e Adams, vivem como agricultores pobres em uma comunidade rural. Eles lutam para consertar um carro velho que lhes permitam mudar para uma cidade grande e encontrar uma vida melhor. 

Trailler (sem legendas): https://www.youtube.com/watch?v=-nV4nvEznAk